#006 – Trilha sonora para início de semestre.

Tenho começado os últimos semestres de Desafios Sociais Contemporâneos com uma dinâmica de discussão que serve para motivar a turma a pensar sobre a amplitude de desafios que temos pela frente. Na atividade eu passo vídeos, de música e de poesia, para provocar a galera e fazer eles expressarem suas opiniões sobre assuntos muitas vezes excluídos das suas conversas cotidianas. Não é raro que no final das aulas venha alguém pedir a lista dos vídeos usados. Por isso, achei que seria bacana compartilhar com vocês a minha trilha sonora para o início de semestre das aulas de Desafios Sociais Contemporâneos.

Gabriel o Pensador – Até Quando?

Legião Urbana – Que país é esse?

Eu, Etiqueta – Carlos Drummond de Andrade

Dead Fish – Modificar

Racionais Mc´s – Diário De Um Detento.

 

Raul SeixasAluga-se

Kell Smith – Respeita As Mina

 

Emicida – Boa Esperança

 

Slam Resistência – Lucas afonso

 

Pink Floyd – Another Brick In The Wall

Prince EA – I JUST SUED THE SCHOOL SYSTEM!

 

Pra quem tá vindo dar uma olhada aqui no blog tem também uma bônus track.

Em 2016 surgiu uma nova super banda no cenário rap rock, ‘Prophets of Rage’. Composta por membros de Rage Against the Machine, Audioslave, Public Enemy e Cypress Hill, a banda se formou com o intuito de confrontar a decadência da política estadunidense consolidada na eleição de Donald Trump. Desde então eles estão na turnê Make America Rage Again e, em 2017 iniciaram a turnê Make the World Rage Again.

A bônus track é o início do show da banda no baile contra a posse de Trump, realizado em Los Angeles. O motivo de eu escolher este vídeo como bônus desta playlist está logo no início, quando Tom Morello diz que:

 “esta noite é uma celebração à resistência. Agora não é hora de agonizar. Agora é hora de organizar!” Em uma tradução/versão ligeira, e até um pouco superficial, ele diz: Hoje sugerimos cinco passos que vocês podem realizar para resistir, desafiar e acabar com o regime de Donald Trump. Primeiro: Apareça. Apareça nas demonstrações e manifestações que lutam pelos direitos humanos e contra o governo Trump. Você precisa continuar aparecendo nos protestos para fazer sua voz ser ouvida. Segundo: Se inscreva. Se inscreva num sindicado, numa organização ambiental, numa banda. Sozinhas as nossas vozes podem ser facilmente silenciadas. Terceiro: leia! Não fique dependente dos canais de noticia que apenas confirmam seus preconceitos. A ansiedade econômica aliada à falta de dados concretos cria um solo muito fértil para que possíveis tiranos plantem as sementes do racismo e da xenofobia. Quarto: Defenda! Defenda a comunidade LGBT, Defenda o planejamento familiar, Defenda o meio ambiente, Defenda os imigrantes; Defenda as minorias; Defenda os Muçulmanos; Defenda todos que são alvos do preconceito de Trump. Quinto: Erga-se! Não se acomode com o que os políticos de plantão e as corporações te empurram goela à baixo. Ouse lutar pelo mundo que você realmente quer. Não peça desculpas por lutar. Ouse lutar por um mundo no qual ninguém é sem-teto, onde ninguém passa fome, onde cada criança receba educação e uma chance, um mundo no qual você não precisa ter medo de ser explodido por um drone no oriente médio, nem de ser morto por um policial aqui nos estudos unidos da américa. Você tem ar nos teus pulmões, força nos teus pés, nos teus punhos e na sua mente, use-os! (…) Hoje nós recuperamos o poder! “Tonight we take the power back!”

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: